APRESENTAÇÃO

Minha foto
Campinas, S P, Brazil
Bacharel em Teologia pela FAETEPE.( PETROS ) Ensinador e Pregador da Palavra do Senhor

sábado, 10 de setembro de 2011


""" O CORDÃO DE TRÊS DOBRAS """ Eclesiastes 4 / 12

4 comentários:

  1. Oi Pastor,
    Esta sua ilustração tão real e verdadeira veio como alívio para crermos que é necessário a ajuda de pessoas para continuarmos a proclamar o reino de Deus e continuar ajudando os necessitados. Desde já conto com as vossa orações.
    E, estamos lhe seguindo por isso quero lhe estender o convite de nos visitar e se gostar pode ficar conosco também. Mas necessitamos mesmo de oração. Deus abençoe.
    Muito obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Tome cuidado para não explodir a ponte que você terá que atravessar.
    Winston Churchill como todo o mundo, você tem seus dias bastante difíceis. As pessoas lhe trazem desapontamentos e problemas, eventos e circunstâncias o afligem, projetos se atrasam indefinidamente, contas se acumulam, e as demandas e pressões parecem nunca chegar ao fim.
    Tudo isso não lhe é mesmo muito familiar? A sua primeira resposta pode ser a de reagir com ira, pela frustração com respeito a colegas de trabalho, membros da família, amigos, sócios, ou até mesmo pessoas que lhe são totalmente estranhas. Infelizmente, porém, agir sob o impulso da ira só irá lhe trazer pesar, num futuro próximo. A dura realidade é que algumas vezes uma porta batida com violência contra o rosto de alguém é uma porta que jamais irá se abrir novamente. Momentos de ira não devem necessariamente se transformar em erupção vulcânica. Se você puder aprender a controlar a sua ira, você também a prenderá a colher os frutos que o equilíbrio é capaz de lhe dar. Esperar – em meio ao desapontamento e à ira – poderá lhe trazer incalculáveis dividendos em forma de sabedoria e maturidade. Nélio DaSilva Para Meditação: Deixa a ira, abandona o furor; não te impacientes; certamente isso acabará mal. Descansa no Senhor e espera nele.

    Salmos 37:7

    CANTOR MOISÉS VIEIRA

    ResponderExcluir
  3. Dou graças a Cristo Jesus, nosso Senhor, que me deu forças e me considerou fiel, designando-me para o ministério.- 1 Timóteo 1:12

    Ministramos pela graça. Somos salvos e feitos santos pela graçade Deus dada a nós através de Jesus. Somos declarados santos e sem mácula perante Deus por causa da graça de Jesus. Recebemos um presente para usar no ministério em prol da Igreja por causa da graça de Jesus. Recebemos a força do Espírito Santo para perseverar durante tempos difíceis por causa da graça de Deus através de Jesus. Então, o ministério no qual nos achamos capazes de realizar, as oportunidades que temos de servir e fazer uma diferença nas vidas de pessoas, e o poder que temos ao realizar nosso ministério são dados para nós. Não temos nenhuma razão para nos vangloriar. O poder do Senhor é aperfeiçoado em fraqueza quando nos oferecemos a Ele para sermos usados para a glória dele.

    Deus lhe abençoe!!!

    Diacono Sergio Christino

    ResponderExcluir